Home :: Life Coaching :: 7 Dicas Matadoras Para Abandonar a Procrastinação

7 Dicas Matadoras Para Abandonar a Procrastinação

Já adianto que a 4ª e 5ª dicas são extremamente importantes!! 

Procrastinação… até a palavra é horrível.

O ato de procrastinar pode trazer consequências piores do que pensar nessa palavra.

Procrastinar nada mais é do que enrolar, demorar para fazer algo, deixar para depois, adiar aquela atividade que você tanto precisa fazer.

Mas calma que isso não acontece só com você.

Esse é um ato que é normal do ser humano.

Temos a tendência de economizar energia (física e mental) desde os primórdios, pois naquela época não havia alimento em abundância como há hoje (e não era possível estocar alimento) e quanto menos energia gastássemos, mais tempo viveríamos em épocas de escassez.

O problema é quando “deixar atividades para depois” começa a nos atrapalhar.

Começa com uma vez, depois outra, outra, outra, vão se acumulando tarefas, você pensa que já é muita coisa para resolver, não consegue mais se organizar, vira uma bola de neve, se sente mal por isso e até sua autoestima e confiança podem ser abaladas.

Acontece isso com você?

Se sim, não se preocupe, pois há solução como tudo na vida.

Com as dicas abaixo, irá conseguir lidar melhor com esse desafio.

Papel e caneta na mão e vamos lá!

1. O que você está adiando?
Primeiro você precisar saber exatamente o que está adiando.

Pode parecer óbvio, mas se você tiver muitas atividades sendo adiadas, é necessário fazer uma lista dessas atividades para tê-las no seu consciente.

Escrever irá te ajudar a se organizar.

2. Que benefício(s) essa atividade irá lhe proporcionar?
Saber o que você ganhará realizando o que precisa te levará para o lado positivo da situação.

Não é hora de pensar que aquela tarefa é chata, cansativa, trabalhosa.

Lembre-se que você quer terminá-la.

3. Quebre-a em partes menores.

Se a atividade final for muito trabalhosa para você, divida-a em menores.

Faça um pouco de cada vez.

Quando você faz isso, fica muito mais simples para o seu cérebro identificar que é possível realizar.

4. O que você pensa em relação a essa atividade?
Você acha que pensar “não sou capaz”, “é muito chato fazer isso”, “vai demorar muito tempo”, “não quero fazer isso agora” vai te ajudar a fazer? Criamos esses pensamentos negativos para nos proteger de fazer o esforço (que julgamos ser grande) e talvez até por alguma crença negativa que adquirimos ao longo do tempo (às vezes por deixar de fazer tantas vezes).

Você tem agora a chance de resinificar esses pensamentos, levando para o positivo.

A 1ª dica te ajudará muito nisso.

Fique atento também para o exato momento de realizar a atividade e não se sabotar com os pensamentos negativos, que agora são antigos e você não os quer mais.

5. O que você espera quando fizer essa atividade?
Tome cuidado! Se sua expectativa for irreal, a chance de você agir é mínima.

Se for algo do tipo “Vou fazer isso em meia hora e acabo logo” e a atividade naturalmente exigir mais tempo, isso irá te frustrar e é aí que você não irá fazer mesmo.

Torne sua expectativa cada vez mais real ou não crie expectativas, apenas faça utilizando as dicas acima.

Isso vale também quando a expectativa for muito negativa.

6. Crie um ambiente propício para a ação.

Sabendo o que você precisa para agir, deixe seu ambiente o mais favorável possível para não haver desculpas de não ter feito depois.

Às vezes, em um primeiro momento, é preciso bloquear o Facebook, desligar o celular e/ou telefone, tomar medidas drásticas para que não adiemos mais ainda.

Ao longo do tempo (se você realmente agir) não será mais necessário chegar a esse ponto.

7. Se comprometa… com outras pessoas!
Procrastinamos muitas vezes porque a atividade não tem prazo e nem cobrança para realizarmos.

Estabeleça um prazo e fale com alguém confiável e que irá te cobrar na data final.

É interessante até criar uma “penalidade desagradável” para o comprometimento aumentar.

Exemplos: vestir a camiseta do time adversário e postar no Facebook, lavar o carro de alguém (se você odiar lavar carro).

Enfim, tem de ser algo que você REALMENTE não goste e irá se sentir EXTREMAMENTE desconfortável.

Lembre-se: deixamos algo para depois porque é desconhecido para nós e também porque podemos ter criado crenças negativas ao longo da nossa vida que nos fizeram achar que não podemos fazer algo, o que não é verdade.

Quanto mais você se conhecer (saber o que pensa, o que sente, como age), mais irá identificar o que acontece quando você tende a procrastinar.

O ato de procrastinar se torna um hábito que não é saudável e com isso não realizamos o que queremos.

Sobre RBC Coaching

Veja também

Profissional de Coaching: 10 Erros Fatais ao Tentar Buscar Clientes

O profissional de Coaching é muito buscado atualmente para transformação da vida de muitas pessoas, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Watch Dragon ball super